É oficial: Chegou o (Xiaomi) Redmi Note 7 com câmara de 48 MP

Depois de alguns rumores, alguns teasers lançados pela própria Xiaomi, eis que chega o primeiro smartphone da submarca Redmi. O Redmi Note 7 apresenta-se ao mundo como uma solução de baixo custo, mas com características que o colocam noutro patamar. Isto, a contar com a sua câmara de 48 MP. Mas há mais para conhecer Em conformidade com todos os rumores e fugas de informação que aqui demos a conhecer, temos finalmente o produto oficial. Aliás, até o seu preço já havia sido referido pelo CEO da Xiaomi. Neste momento são muito poucas as fabricantes Android que conseguem rivalizar com a Xiaomi neste segmento. Produzir um smartphone económico e que ainda assim esteja recheado de cativantes características é sem dúvida uma proeza a que só a Xiaomi nos tem habituado. Por isso mesmo está na altura de conhecer o Redmi Note 7 e somos imediatamente brindados com um preço arrebatador. Na China, o seu mercado natal, o smartphone custará 999 Yuan, cerca de 127€,  ou 540 reais em conversão direta.

O que nos oferece este Redmi Note 7 de 127€?

Em primeiro lugar temos uma câmara dupla na sua traseira com dois sensores alinhados verticalmente. O primeiro, fabricado pela Samsung, apresenta uma resolução de 48 megapíxeis. O segundo apresenta uma resolução de 5 megapíxeis.
Perguntar-se-ão naturalmente o porquê de tamanha contagem de píxeis. Pois bem, com esta grande quantidade a Xiaomi pode implementar a tecnologia Pixel binding. Por outras palavras, a junção da informação presente em píxeis adjacentes para criar uma imagem final com mais detalhe e contraste superior. Ao mesmo tempo a sua câmara frontal também não o deixará desapontado com o seu sensor de 13MP no topo do ecrã. Conta ainda com a integração da inteligência artificial (IA) para não só retocar a imagem como providenciar o efeito de fundo desfocado (bokeh). Temos ainda o desbloqueio do smartphone mediado pelo reconhecimento facial, entre outras funções. Neste campo, há que ter em consideração o histórico da Xiaomi, que tem vindo a oferecer soluções dada vez melhores ao nível da fotografia, nas suas mais diversas gamas.

As características do novo smartphone Redmi Note 7

O seu grande ecrã IPS LCD tem 6,3 polegadas de diagonal. Já a sua resolução atinge o padrão FullHD+, portanto com 2340 x 1080 píxeis. Podemos ainda referir o seu notch em forma de gota onde repousa a câmara frontal.
Olhando ainda para o ecrã podemos mencionar a proteção conferida pelo vidro Gorilla Glass 5, da Corning. Já numa última nota, o seu ecrã ocupa cerca de 84% da área do painel frontal.
Em seguida temos o processador, o núcleo ou coração de todo e qualquer smartphone. Assim sendo, encontramos aqui o Snapdragon 660 da norte-americana Qualcomm.
Snapdragon 660 no interior deste Xiaomi… Redmi
Olhando mais atentamente para o seu SoC temos aqui uma plataforma de gama média. É composto por 8 núcleos Kryo 260 com uma frequência máxima de 2.2Ghz. Aqui bem como uma arquitetura de 64-bits e uma litografia de 14nm.
Encontramos ainda, na sua versão base, um total de 3 GB de memória RAM bem como 32 GB de armazenamento interno. Na sua versão intermédia temos 4 GB + 64 GB e na sua versão de topo temos 6 GB + 64 GB.
Em seguida, para alimentar este smartphone Android existe uma bateria com 4000mAh de capacidade. Mais ainda, a Xiaomi equipou este terminal com a tecnologia de carregamento rápido Quick Charge 4.0. Note-se ainda que o Redmi Note 7 é o primeiro smartphone Redmi a estar equipado com uma porta USB do Tipo C. Uma novidade muito bem vinda e que permite também novas velocidades de carregamento e transferência de dados. O software presente neste smartphone é o sistema operativo Android Pie 9.0 da Google. Esta é a base para a interface da própria marca, a sua mais recente e bem conhecida MIUI 10.

Quando chega o novo Redmi Note 7 da Xiaomi?

Segundo a própria Xiaomi, o primeiro smartphone da sua submarca chegará aos mercados a partir do dia 15 de janeiro. Os preços começam nos 127€ para a versão base com 3/32GB. Já a versão intermédia do Redmi Note 7 custa o equivalente a 154€ com 4/64GB. Por fim, a versão de topo custa o equivalente a 180€ com 6GB/64GB. Note-se ainda que todas as suas versões podem socorrer-se de um cartão de memória microSD até 256GB para armazenamento extra. Este vai ocupar a segunda slot híbrida para cartões SIM ou microSD.
Por fim, o smartphone Redmi Note 7 da Xiaomi está disponível em três esquemas de cor. Em primeiro lugar temos o gradiente de Azul, seguindo-se o gradiente Rosa e por fim o Preto, em cor sólida. A Xiaomi deixou ainda bem claro que pretende lançar uma versão Pro deste seu novo smartphone Android. Todavia, não clarificou quando é que pretendia lançar este segundo dispositivo da sua nova submarca, a Redmi.